Skip to content

Lixo de feira em São Mateus, SP virará adubo

25/01/2015

17 outubro 2013 às 0:17

Toneladas de restos de alimentos vendidos nas 900 feiras livres da cidade de São Paulo vão para lixões, todas as semanas. Ali, são misturados enterrados, gerando um caldo perigoso para as águas e os solos chamado de ‘chorume”. Toda esta matéria orgânica, contudo, poderia ser aproveitada para gerar adubo e ser reutilizada na produção de comida.

Esta proposta está sendo colocada em prática, como um teste piloto, na feira de São Mateus, na Zona Leste da capital. Toda a sua sobra que antes era levada para o aterro na divisa de Guarulhos, agora vai ser compostado, ali mesmo no bairro.

A compostagem é um processo de decomposição controlado e aerado, onde os alimentos se reincorporam ao solo, tornando-o rico em nutrientes. A umidade é controlada com a adição de materiais secos como serragem ou folhas varridas das ruas.

“Hoje, 53% do lixo coletado na cidade é orgânico e nós não fazemos nada para aproveitá-lo. Nas feiras, quase tudo que é descartado pode virar composto e dar vida ao solo em vez de ir para o aterro e produzir gás metano”, disse a agrônoma Lúcia Salles França Pinto, coordenadora do projeto. A ideia é que em breve podas de árvores também sejam compostadas, segundo entrevista concedida por Lúcia, ao portal Estadão.com.br.

A intenção é estender o programa a toda a cidade, evitando assim o despejo de 62 mil toneladas de resíduos em aterros, por ano.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: