Skip to content

Carne começa a ser produzida em laboratórios

25/01/2015

12 agosto 2013 às 11:30

Seria possível comer carne sem provocar sofrimento animal e sem ocupar terras com pasto? Pois esta realidade já está batendo na porta com a multiplicação de células de vacas em tubos de ensaio, produzindo assim carne em laboratório. Esta façanha foi apresentada por cientistas holandeses da Universidade de Maastricht, que investiu cerca de R$ 750 mil em uma estrutura para esta pesquisa.

“Estamos fazendo isso porque a criação de animais para abate não é boa para o meio ambiente, não vai suprir a demanda mundial (por comida) e também não é boa para os próprios animais”, declarou Mark Post, professor responsável pelo estudo, à rede BBC de Londres.

“Muita gente considera carne feita em laboratório repulsiva num primeiro momento. Mas se eles soubessem o que acontece nos abatedouros para a produção de carne normal, também achariam repulsivo”, completou sua colega Helen Breewood.

Este desafio ganhou destaque em 2008, quando a ONG PETA – People for the Ethical Treatment of Animals – Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais – ofereceu US$ 1 milhão para quem conseguisse criar frango ‘de proveta’.

A organização escolheu a ave porque mais de 1 milhão de galinhas são comidas por dia só nos EUA. A oferta tinha prazo final de 30 de junho de 2012, mas como nuggets de frango produzidos in vitro ainda não são uma realidade, estendeu o prazo para 4 de março de 2014.

Quem quiser saber mais sobre carne artificial, pode consultar o Consórcio pela Carne de Proveta, emhttp://www.invitromeat.org/

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: