Skip to content

Aprovada a Política Nacional de Agroecologia

25/01/2015

5 setembro 2012 às 8:30

O dia 20 de agosto passado ficou na história da agricultura brasileira. Nesta data, a presidente Dilma Rousseff aprovou a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. O documento, reivindicado com ansiedade pelos agricultores orgânicos do país, prevê a elaboração de um plano com metas e prazos a serem cumpridos pelo governo federal. Ele também determina elementos chaves para a produção de alimentos no Brasil, como a concessão de crédito, seguro, assistência técnica e pesquisa para ampliar a oferta dos produtos agroecológicos.

“Hoje, temos aproximadamente 90 mil produtores agroecológicos no país. Destes, 85% são agricultores familiares. Com a política, ganham estes agricultores, ganha o meio ambiente com práticas mais adequadas à sustentabilidade e ganham os consumidores porque a oferta de alimentos saudáveis deve aumentar” avalia o Secretário Agrário Nacional Elvino Bohn Gass.

O deputado destaca que a nova política nasce com a marca da participação social. “Durante meses as organizações não-governamentais, os movimentos sociais, representantes do setor privado e o governo federal promoveram um debate que deu origem às medidas agora oficializadas”, completa Gass.

Pela Lei, produção de base agroecológica é aquela que busca otimizar a integração entre capacidade produtiva, uso e conservação da biodiversidade e dos demais recursos naturais, equilíbrio ecológico, eficiência econômica e justiça social.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: