Skip to content

Reúso de água dilui gastos de prédio

22/01/2015

10 junho 2008 às 16:06 em ÁGUA

Armazenar chuva para limpar o quintal e regar plantas é prática comum em época de rodízio no fornecimento de água.
Mas, em prédios comerciais e residenciais, os sistemas de tratamento já vão bem além desse tipo de aproveitamento e permitem cortar até pela metade o valor da conta de abastecimento e esgoto.

Os processos mais conhecidos de filtragem e cloração foram incrementados com o tratamento da água de ar-condicionado e das águas cinzas -efluentes domésticos, com exceção dos da bacia sanitária e da pia de cozinha.

Após a passagem pela estação, a água de reúso pode ser utilizada em jardinagem, na limpeza e no reabastecimento dos vasos sanitários.

O investimento necessário é compensado pela redução nas contas de água e esgoto, o que pode atrair até mais que o engajamento ambiental.

Uma interessante matéria a este respeito foi publicada pela Folha de São Paulo e pode ser conferida no site deNotícias Condominiais.

Além das empresas destacadas na matéria, no Brasil, o Instituto Ambiental – OIA é uma entidade sem fins lucrativos que se especializou no tratamento de efluentes e esgotos, inclusive com biodigestores – que permitem gerar gás a partir dos dejetos.

OIA pesquisou estas tecnologias na China, onde o uso de biodigestores está presente desde a antigüidade e já instalou sistemas de tratamento desde para uma casa pequena até para condomínios com 2 mil unidades.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: