Skip to content

A água que comemos: os custos da irrigação

22/01/2015

3 julho 2009 às 18:12 em ÁGUA

Gülçin Karadeniz, jornalista da Agência Européia do Ambiente – AEA, divulgou recentemente um estudo desta entidade que confirmou o uso insustentável da água em muitas partes da Europa.

O estudo levantou que naquele continente, 44 % da água captada é utilizada para o resfriamento das usinas de energia elétrica, 24% na agricultura, 21% no abastecimento público de água e 11 % na indústria. Contudo, quase toda a água utilizada na produção de energia é devolvida a uma massa de água, ao contrário do que acontece com a maior parte da água captada para fins agrícolas. Esta ainda deve aumentar com o avanço dos biocombustíveis.

Ler a íntegra, na Envolverde/Agenda 21
O documento recomenda que os governos incentivem uma variedade de tecnologias, sistemas e grãos que reduzam o volume de irrigação nas fazendas.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: