Skip to content

Cientistas brasileiros produzem carvão ‘limpo’

21/01/2015

28 fevereiro 2011 às 9:30

O Brasil tem a capacidade de produzir 43,5 milhões de toneladas de aço por ano, produto que marca a era em que vivemos. As indústrias siderúrgicas nacionais, contudo, vivem o dilema de depender da queima de carvão vegetal para seu funcionamento, até agora, obtido de forma rudimentar e muito poluente. Este problema ganhou uma solução, graças a pesquisadores da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FTDE – Inovata), de São Paulo.

No sistema desenvolvido pela FTDE, chamado de carvoejamento, a lenha se torna carvão em uma queima sem a presença do oxigênio. Os gases deste processo são captados para alimentar geradores e fabricar produtos químicos.

Uma grande vantagem do sistema é que ele pode produzir carvão de matérias-primas como casca de arroz, pó de serraria, capim e biomassa de cana-de-açúcar, entre outros. Assim, pode ser também um aliado no combate ao desmatamento ilegal, prática ainda comum ao redor das carvoarias existentes no país.

A tecnologia será testada em uma unidade-piloto de escala comercial, que será construída no Vale da Ribeira, no Sul de São Paulo.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) está formulando, a pedido do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior padrões de boas práticas para a produção de carvão vegetal no Brasil, para tornar esta atividade mais sustentável do ponto de vista ecológico. A nova norma deve ser colocada em consulta pública até o final de março.

Com informações de O Estado de São Paulo

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: