Skip to content

Fundo Verde preservará florestas em países em desenvolvimento

20/01/2015

22 dezembro 2010 às 11:00

Convenção sobre Mudanças Climáticas da ONU resolveu em seu encontro em Cancun criar um Fundo Verde, destinado a países em desenvolvimento, para sua adaptação aos efeitos das mudanças climáticas, assim como sua migração para uma economia de baixo carbono. A iniciativa contou com a aprovação de 193 países, dos 194 integrantes e abrange também com a doação de recursos exclusivos para conservar florestas tropicais.

Apenas a Bolívia recusou o tratado, por se opor ao mercado internacional de carbono. “Converter a natureza em mercadoria é garantir a sobrevivência do capitalismo. A Bolívia tem princípios, princípios que não vendemos”, disse o presidente boliviano, Evo Morales.

Até 2012, o fundo mobilizará US$ 30 bilhões. Depois, e até 2020, contará com US$ 100 bilhões anuais. Também foi acordado após longas negociações um mecanismo para compensar os países tropicais pela redução do desmatamento, o Redd+. Como o desmatamento responde por cerca de 15% das emissões globais, o Redd+ deverá ser uma medida de mitigação do efeito estufa barata e eficaz. Os países também decidiram implementar um Comitê de Adaptação, que será responsável por coordenar a ajuda que os países mais pobres e vulneráveis receberão

Foi a primeira vez que a convenção chancelou o alerta de cientistas – inclusive reconhecendo que os esforços atuais são insuficientes – e definiu valores e despesas para combater os efeitos do aquecimento global. Não houve, porém, avanços em relação à imposição de limites para as emissões de carbono. Estes números serão o carro-chefe da próxima etapa do Protocolo de Kioto. Mas as regras de sua próxima fase serão definidas apenas na conferência do ano que vem, em Durban, na África do Sul.

 

Mais sobre a COP16, no blog de  Virgilio Viana, superintendente da FAS – Fundação Amazonas Sustentável, que compareceu ao encontro e publicou material exclusivo aqui na comunidade, como sua análise sobre o REDD– mecanismo de pagamento por desmatamento evitado.

Com informações de O Globo

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: