Skip to content

Egito transforma deserto em florestas, com água reaproveitada

20/01/2015

18 novembro 2010 às 10:30

O perigo de desertificação ronda muitas regiões do mundo. Contudo, um manejo correto das águas pode, ao contrário, transformar terras áridas há séculos, em matas. É isto que alcançou o Egito, convertendo uma área do tamanho do Panamá, regando-a com água reaproveitada. Isto só foi possível graças à água que utilizam 80 milhões de egípcios. “A água residual pode transformar o que não é fértil, como o deserto, em algo fértil, já que contém nitrogênio, micronutrientes e substâncias orgânicas ricas para a terra”, disse à agência de notícias Efe o professor do Instituto de Pesquisa de Solo, Água e Ambiente Nabil Kandil, especializado na análise de terrenos desérticos adequados para o florestamento.

A opinião é compartilhada pelo professor do Departamento de Pesquisa de Contaminação da Água, Hamdy el Awady, que até ressalta a superioridade das plantas regadas com água reaproveitada.

“Esse tipo de água tem muito mais nutrientes do que a água tratada e, por isso, é uma fonte extra de nutrição que pode fazer com que as plantas resistentes aos climas hostis cresçam mais rápido e, inclusive, tenham folhas mais verdes”, explica El Awady.

Onde antes havia uma paisagem desértica e inóspita, agora há áreas verdes cobertas de árvores como álamos, papiros e eucaliptos, pois optaram por árvores para produção de papel e biocombustíveis.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: