Skip to content

Cientistas imitam sapo para capturar energia solar

20/01/2015

27 abril 2010 às 14:00

esquisadores da Universidade de Cincinnati, EUA, imitaram uma rãzinha tropical para capturar carbono e energia solar e transformá-la em biocombustível. A rã Physalaemus pustulosus cria espumas para seus girinos que apresentam uma durabilidade incrivelmente longa. Uma proteína produzida pela rã, a Ranaspumina-2, foi utilizada como base para uma espuma artificial. Neste material, enzimas de plantas, bactérias e fungos interagem quando expostos ao sol, realizando uma fotossíntese artificial.

O processo libera oxigênio e açúcares. Estes, por sua vez, podem ser utilizados para a produção de uma grande variedade de produtos, incluindo o etanol e outros biocombustíveis, ou até mesmo, alimentos.

O próximo passo da equipe será tornar a tecnologia adequada para aplicações em grande escala, como a captura de carbono nas usinas a carvão. “Este é um avanço importante na aplicação de nanotecnologias”, comentou Dean Carlo Montemagno co-autor do estudo.

Íntegra no site da Universidade (conteúdo em inglês).

 

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: