Skip to content

Cerrado receberá investimentos de US$ 42 milhões em 4 anos

20/01/2015

1 julho 2010 às 4:30

O Cerrado deve ganhar nos próximos quatro anos dois milhões de hectares em unidades de conservação, por meio da criação de novas UC e expansão das já existentes. Este é um dos objetivos de recente acordo firmado entre o Ministério do Meio Ambiente, o Instituto Chico Mendes, o Banco Mundial e os governos de Goiás e Tocantins.

Por meio dele se investirão US$ 42,69 milhões no segundo maior bioma brasileiro, considerado a savana mais rica em biodiversidade do mundo, com 12 mil espécies de plantas nativas, e conhecido como a caixa d’água do Brasil. No Cerrado, se concentram as nascentes das bacias dos rios Amazonas, Prata e São Francisco.

“O Cerrado vem ganhando a importância merecida, com o debate não mais centralizado na Amazônia”, afirmou a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Os recursos, distribuídos em quatro projetos de conservação e uso sustentável da biodiversidade, incluem a doação de US$ 13 milhões do Banco Mundial e contrapartidas no valor de US$ 29,69 milhões do Governo Federal e dos governos de Goiás e Tocantins, que integram o Programa Iniciativa Cerrado Sustentável.

Com informações de Ana Flora Caminha/ MMA

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: